Mauro Cezar apenas escancarou o jornalismo partidário que existe no Brasil