Thiago Silva não está na lista de prioridades do Everton


Constantemente o nome do zagueiro Thiago Silva é associado a um possível interesse do Fluminense. Para animar ainda mais os torcedores do Tricolor, segundo o L`Equipe, o Monstro não fará parte do elenco do PSG na próxima temporada.

De acordo com a mídia europeia, dois destinos poderiam surgir na rota do defensor brasileiro. A primeira seria o Milan, clube que o atleta já defendeu e que por diversas vezes ele demonstrou muito carinho. O que pesa contra esse possível retorno seria a situação do clube italiano, que não vive seus melhores momentos e se prepara para investir em outras frentes consideradas vitais pela direção Rubro-Negra, como a construção do seu novo estádio, o que indicaria que o clube não deve investir pesado nas próximas janelas. A outra possibilidade seria uma mudança para o Everton, da Inglaterra. Sendo assim, fui em busca desta notícia para saber como a mídia local enxerga essa possibilidade. Segundo Christopher Beesley, um dos setoristas mais influentes do clube que escreve para o principal veículo da cidade, o Liverpool Echo, a chance do ídolo tricolor jogar na Premier League existe, porém não seria muito grande.


Pesa a favor do jogador a necessidade do time reforçar o sistema defensivo. Algumas apostas ainda não dão a confiança necessária para a sequência da temporada. Vale lembrar que nesta lista está inclusive o nome do ex-Palmeiras, Yerri Mina, que sofreu com diversas lesões nos últimos tempos e não conseguiu ter uma sequência de boas apresentações por lá. Outro ponto que faria o clube investir no camisa 4 da Seleção seria a boa relação de Carlo Ancelotti com o jogador. Eles já trabalharam juntos tanto no Milan quanto no PSG e o italiano é um grande admirador do seu talento.


Apesar desses indícios, a probabilidade do acerto ocorrer, segundo o jornalista, é remota. O primeiro motivo seria a incerteza que a crise mundial levou ao mercado esportivo, e os ingleses não estão imunes a este processo. Um investimento pesado em um jogador que encaminha para a reta final de sua carreira não seria o perfil de gasto que os ingleses enxergam com bons olhos neste momento. Além disso, antes mesmo da paralisação das competições, o clube já monitorava a situação de outro defensor brasileiro que atua na França. Trata-se de Gabriel Magalhães, revelado pelo Avaí, e que hoje defende o Lillie.

Com este cenário, cresce a possibilidade de Thiago Silva não permanecer no Velho Continente. Ainda que tenha mercado, encarar uma aposta nesta altura de sua carreira não parece ser a primeira opção do jogador. A realização pessoal de jogar no seu clube de coração, além de ficar mais próximo dos olhos de Tite, também podem servir de sedução para o atleta, que já está muito bem resolvido financeiramente. Por falar no aspecto financeiro, caso o que era uma brincadeira passe a ficar sério, Thiago Silva sabe que não terá como manter o nível salarial que recebia até então. A situação seria muito semelhante a vivida pelo atacante Fred. Um acerto com valores variáveis, de acordo com resultados esportivos e comerciais, seriam fundamentais para que o sonho passasse a ser realidade. A verdade é que a negociação ainda é um grande sonho para os tricolores, mas ele já esteve mais longe de se tornar real.




14 visualizações
  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • Grey Spotify Ícone
  • Cinza ícone do YouTube